C?o do Dia & Cia

Sorocaba, Segunda, 29 de Maio de 2017

Aqui todo Pet é especial!
Pet do Dia
Envie a foto de seu Pet
Pet procura Amor e Carinho
Feiras de Animais e Eventos
Sugestões para nomes de filhotes de Cão
Lista de Pet-Shops, Veterinários, Canis, Hoteis para cães, Canis, ONGs e outros
Tire suas dúvidas com os profissionais cadastrados no site
Artigos sobre Animais
Guia de Raças de Cães
Fotos dos Pets Anteriores
Verifique aqui os pets que se perderam de seus donos
Pet a procura de namoro
Classificados de Empregos (Vagas e Candidatos)
Classificados para Compra/Venda/Doações

2017-05-29
Nina - Yorkshire Terrier  Nina - Yorkshire Terrier

Para Namoro | Pet ACHADO




Nome Nina
Gênero Fêmea
Idade 1ano
Raça Yorkshire Terrier
Onde Mora ladoeiro
Email N/I
Minha História

Sou a NINA, nome que adoptei após ter sido resgatada do canil do Município do Fundão, pelos meus actuais donos.


Foi em Agosto de 2007 que eles me foram buscar ao canil e deveria ter mais ou menos 1 ano de idade.
Nessa altura eu estava muito magrinha, não ladrava, não brincava, tinha pulgas e carraças, o meu pêlo estava muito sujo, cheirava mal e tinha o meu couro cabeludo cheio de feridas.

Quando em Agosto, os meus novos donos me foram buscar, nesse mesmo dia e durante o percurso do canil para a minha nova residência, fui logo presenteada com uma nova alcofa onde hoje, faço as minhas sonecas e onde por vezes vou esconder alguma guloseima que me dão.
Quando cheguei à minha nova residência, tinha à minha espera, uma casota só para mim!

Mais! A Casota está num terraço grande, onde eu dou largas à minha imaginação (corro, salto, brinco, etc…).

Assim que chegamos a casa, deram-me um grande banho, coisa que eu agora até gosto de fazer pois tomo banho todas as semanas e já cortei o pêlo três vezes.

Depois do banho, o meu dono, meteu-me dentro de um alguidar com um desinfectante, para curar as minhas feridas. Notei que após o banho, o cheiro a cão já não era tão intenso.

No dia seguinte, foi dia de Veterinário. Os meus donos levaram-me ao Veterinário para ver como eu estava de saúde e para ser vacinada. Não custou muito pois a Veterinária foi meiguinha e até brincou comigo.


Agora após quatro meses na minha nova casa, já estou mais gordinha, brinco, as minhas feridas desapareceram, ladro a quem passa na rua e as pulgas e as carraças, já eram.

Até para dormir eu tenho um pijama para não ter frio durante a noite!

Quando vou fazer jogging, visto sempre o meu fato-de-jogging.O meu dono diz que agora que vem lá o Inverno, tem que me comprar uma capa para eu não me molhar quando vou à rua. Leva-me a passear todos os dias e quando eu faço xixi ou cocó na rua, ele elogia-me e faz-me festas, mas quando faço xixi dentro da casa dele, ele fica muito zangado e ralha comigo. Ainda não consegui perceber o porquê de ele ficar tão zangado, acho que ainda vou levar algum tempo para entender. Quando me leva a passear à rua, por vezes solta-me da trela para eu correr à vontade, quando ele me chama vou logo ter com ele, que é para ele me soltar novamente no próximo passeio.

Eu gosto muito de ir passear com o meu dono, pois ele leva-me para um sítio onde há alguns gatos. Eu adorava brincar com os gatos mas eles não gostam de brincar comigo, fogem assim que me vêem correr para junto deles.
Alguns gatos são doidos, assopram e ficam com o corpo todo em arco e com o pêlo todo espetado quando chego junto deles. Não os consigo perceber.

Ainda há outra coisa que eu gosto de fazer, é roer os sapatos (e não só) cá de casa. Não sei porquê, mas tenho um fascínio especial por tudo o que se deixa roer. Também gosto de roubar a roupa do alguidar, quando a minha dona a está a estender para secar.


Em relação à minha alimentação informo que, já como a ração mas no início foi difícil, não queria comer ração e só comia restos das comidas deles. Os meus donos tiveram que insistir na ração e experimentar vários tipos e marcas de ração, até acertarem com a que eu gosto de comer.

Na casa dos meus donos, há mais animais.

O hamster Tchinkiwinki, que dorme o dia todo e só sai à noite para comer. As caturras KáKá e KéKé que fazem muito barulho de manhã. O canário Verdocas que é um grande artista (canta muito bem) e temos também a tartaruga Mafalda que, só sabe comer, saltar da tartarugueira para fora e sujar a água onde toma banho todos os dias.

Os meus donos tratam-nos muito bem e eu sou muito feliz aqui.


Espero que todos os animais abandonados tenham a sorte que eu tive, saiu-me o “Caninomilhões”.


Despeço-me com uma grande lambidela,



A NINA